Sobre o dia de ontem …

tumblr_lgf6zpf3pm1qchfpro1_500_large

 

Todo mundo já encontrou aquela pessoa que te encanta,  te completa de uma maneira diferente. Foi assim, te encontrei no escuro de uma praça, de preto, e apenas te olhar já me envolveu por dentro. Nunca fui de acreditar em destino, e depois de diversas decepções sou muito difícil de me apaixonar.

Odeio declarações, e muito menos sei dizer o que sinto, parece que uma coisa prende, dá um nó enorme na garganta, choro quer sair, mas não sai, tudo se complica, o mundo para, as coisas parecem não se resolver, e tudo que vem na cabeça é que não vai dar certo.

A vida me ensinou muito, e mesmo que não pareça, eu sempre vou adivinhar o final da grande parte das coisas que irão acontecer comigo. Quando o assunto é amor, paixão, muitas pessoas já passaram o mesmo que você, então já da pra se convencer do final. E mesmo que algo dê certo uma hora para, cansa.

É estranho você olhar pra pessoa que aprendeu a gostar nos últimos meses, e ver que o sentimento é diferente do seu, os olhos pesam as lágrimas não querem descer, e tudo o que você escutou já quase que adivinhava que iria acontecer.

De todos que já encontrei não querendo te deixar convencido, foi o único que soube falar a verdade e assumir os erros, e me fez sentir o que não sou. Não gosto de ser trocada, ou eu sou a única, ou não sou nada, não sou uma questão de vestibular que você escolhe a alternativa  na hora.

Sim, as coisas que aconteceram foram boas, e o que mais me confortou foi aquele seu abraço na ultima terça feira que me fez ficar pensando por uma vida inteira a burrada que tinha feito. Arrependo-me até hoje de ter caído nessa cilada, não gosto de fazer confusões na mente e no coração, afinal os dois mesmo que não queiram estão ligados, se amam, e no fundo querem a mesma coisa.

Hoje as coisas me parecem bem claras, depois de a lua não ter me dado seu sorriso, e as estrelas não piscarem como de costume, aquele meu amigo de sempre, o vento, que nunca me abandona me cobriu de esperanças para uma nova fase, uma nova vida, lagrimas secaram e me fez sentir renovada.

O vento forte levou tudo de ruim, me trouxe inspiração, me disse palavras de conforto e fez com que todas as coisas tornassem boas, afinal a vida é bela, momentos são momentos, e eu sempre escuto a voz do vento ! 

-Depois Que Tudo Aconteceu…

Anúncios

Te encontrei…

tumblr_lvwpnuVIyz1qgo4xho1_500

Sobre um céu estrelado te encontrei.
Te encontrei sobre um vento forte que balançava meus cabelos.
Eu encostado inocentemente no ombro do meu pai
Você ali, com carinha de bom moço, mas só a cara mesmo.

Te vi quando as batidas do meu coração cansaram
Quando minhas expectativas se perderam no meio do caminho, quando estava na estrada.
Quando os pássaros pararam de cantar,
E as flores murcharam por não haver mais amor.

Haviam ali muitos motivos pelo qual te vi
Muitos deles ja foram expostos na minha cara
E apenas você, é você mesmo
Ainda não percebeu.

Trocamos olhares, mas não nos falamos
Sei lá, não me deu vontade.
Cansei.

Cansei apenas, de sempre ir atrás,
De sempre ser eu a causadora de tudo
E peço, se algo tocar no seu coração….
Me procure, mas não perca o tempo que te dei não !

-Depois Que Tudo Aconteceu…

Como me sinto, escrevendo ….

Escrever_tumblr

Eu poderia escrever muito mais do que sonhos, palavras, sentimentos e coisas absurdas que ocorrem dentro de mim.

Eu poderia simplesmente me expressar em quadros mal pintados, ou até mesmo em fotografias onde ninguém iria entender.

Poderia até mesmo tentar me espelhar na filosofia de Sócrates, Platão, Parmênides, ou até mesmo na minha própria filosofia, mas isso seria demais nem todos iriam entender o que eu quero dizer, como quero me expressar e em quem me espelhei.

 Ás vezes me sinto fazendo obras de arte que no meu conceito pude ter feito a obra pensando em algo, mas não vai ser a mesma coisa que as pessoas irão pensar.Aqui dentro uma alma grita, um infinito de coisas passam pela mente, e a cada dia da vontade de dizer o que é certo ou errado no mundo, mas eu seria errado, pois seria eu contra milhões.

O horizonte conspira e já não vejo mais as mesmas coisas como via antes, parece que tudo tem que vir de algo, tudo tem que surgir de uma inspiração e fica cada dia mais difícil ter que conviver com isso, pois os olhos já não querem ver como pessoas normais veem, e tudo o que eu queria, era poder ser normal novamente.

Parece alma de escritor, tudo que vê dá vontade de escrever, mas seria estranho eu tirar um caderno da bolsa no meio da rua e sair escrevendo do nada, sem mais nem menos.

 Quero sentir o vento me trazendo inspirações pois o que mais quero mesmo é escutá-lo pois ele me diz a hora certa que tenho que escrever…

-Depois Que Tudo Aconteceu…