Pequeno castelo mal assombrado

PUNK-WEDDING1

Ah meu amor, por quanto tempo ainda teremos que viver nesse instante imerso que não nos deixa tocar os lábios nessa escuridão? Por quanto mais de tempo estaremos presos em um passado amargurado que insiste em dizer que tudo pode dar errado, e isso nos prende e faz com que nossas vidas se distanciem.

Só quero te dizer que ontem fiz tudo certo, só não te liguei  na madrugada por medo de incomodar pensamentos ao vento que sempre nos dá conselho que pode nos completar. Eu preciso te dizer que já cansei desse nosso clichê, e que temos que arranjar um jeito comum de virar a página e escrever uma nova história, por que se você não sabe palavras iguais já não cabem mais no glossário de sentimentalismo que fazemos.

Dia após dia vivemos sem vida, já não quero mais isso, nos falta amor, nos falta ódio, só não podemos fazer com que vire dor, estou exausta de contar quantas vezes me machuquei por motivos de nunca poder estar presente nos piores momentos em que você mais precisava de mim. Não quero distanciar o nosso amor, o nosso gostar, o nosso estranho jeito de amar.

Quanto mais estranhos formos, mais esquisitas são as pessoas que aparecem pra meter o bedelho no nosso pequeno castelo mal assombrado, olha que aprendemos bem como driblar os morcegos e os aracnídeos em plantão.

Ninguém mais se importa meu rei, vamos viver, esquecer os clichês e passear em paz, sem importamos com o que nos virá pra nos assombrar.

 

nnnb

Anúncios

Trecho – Bruna Vieira

tumblr_luzlpnQeWI1qej3tfo1_500“Não é sobre se esconder atrás de antigas mágoas. É sobre usá-las como referencial. Às vezes a gente simplesmente se esquece que houveram outros dias ruins, sabe? Amadurecer tem um pouco a ver com usar experiências passadas para não cometer novos erros, por isso, tudo bem desenterrar o passado só pra ter certeza de que a raiz é forte e que esse vento uma hora ou outra vai passar. As estações mudam, independente do lugar do mundo que você está.” 

-Bruna Vieira 

Sobre você

tumblr_lgkvqzJzHi1qezd0to1_400

Hoje pessoas falaram sobre você, desacreditei, não quis escutar. Afinal, nossos caminhos já foram afastados a muito tempo e eu já nem lembrava mais das coisas que nos aconteceram.

Seu nome pela boca delas soa tão forte que me convenci de que devia dixar aonde está, longe da minha memória atual, não vale a pena remexer em mares conhecidos, em coisas mal resolvidas ou pessoas indecentes. Já faz tanto tempo que não te procuro que o tempo foi bem bacana comigo.

Liguei o rádio..Lá estava ela, a música, aquela que eu sempre dizia que lembrava de você, me fez pensar que hoje era dia de fazer lembranças na cabeça de quem já não quer mais saber disso.

Isso foi bom, é me sentir aliviada por não mais acumular visões e sentimentos ruins por dentro. E sempre que ouvir falar de você, abrirei um sorriso, afinal, você já foi importante na trilha de uma floresta que ainda procuro saída, pena que tive que sumir com a pedra que você tornou.

-Depois Que Tudo Aconteceu…