Amores Internos

tumblr_mgdo63fE0m1rxbt88o1_500

Demorei, eu sei, demorei muito pra descobrir sobre nossos amores internos, sim esses amores maiores que nos tiram o ar, a posição, faz perder a hora, e nos faz criar novas aventuras.

Sim eu descobri, o tempo me fez perceber, que a fase de Los Hermanos nunca vai acabar pra gente, que todos aqueles conselhos que Martha Medeiros nos dá, é a penas um passo para aprender a conviver com todas as situações que passamos no nosso dia a dia, que no final, o que sempre vai nos restar é o cansaço.

Cansei, cansei mesmo, de tirar a roupa e me debruçar eternamente em uma cama sem vida, que não me trouxe nada mais do que sonos intermináveis, minha vida acabava ali, meus sonhos, meus desejos de seguir também acabavam ali, e percebemos apenas uma coisa: sorte é para o “sortudos” (raros), temos que erguer-nos diante da vida e correr, feito um maratonista na prova de São Silvestre para garantir o nosso sonho. Quer um conselho? Seja sempre um Keniano, eles costumam treinar bastante para estar sempre em primeiro lugar nas suas metas.

É disso que eu quero falar, competições, mas não dessas em que temos mil concorrentes para poucas vagas. Quero dizer das competições que nós mesmos temos que criar contra nós mesmos, envolvendo a vida, os sonhos, as metas, e todo dia treinar para que cada passo seja realizado, e vamos apenas perceber que sair da cama sem vida, vale muito a pena!

Quando estivermos totalmente prontos, nossos amores internos irão explodir e transbordar de felicidade, trazendo aquela sensação boa de borboletas no estômago, mas não por encontrar um grande amor, e sim por realizar-se inteiramente na vida.lkjh

Vetustez

tumblr_mceyfc9Wio1rqax5wo1_1280

Eu sou um velho! Um velho com menos de trinta anos de idade.

Corrigindo a frase: tornaram-me um velho.

Nunca achei que ser velho pudesse ser encarado como algo ruim. É certo, existem as limitações físicas, mas a experiência, a vivência, a sabedoria, o gostinho de ser um avô e poder ter a liberdade de ser chato e ouvir apenas o que lhe convém, a autoridade que os cabelos brancos lhe dão… Sempre achei bonito um senhor de cabelos brancos, ou grisalhos, pode ser… Sempre quis ter cabelos brancos, ou grisalhos, pode ser também… O fato é que sempre valorizei muito os velhos, sempre me imaginei muito chegando lá, sempre olhei a velhice com muito otimismo… Pode ser por isso que as pessoas ao meu redor me tornaram um velho antes dos trinta anos de idade sem sequer me permitirem ter a chance de ter cabelos brancos, ou grisalhos, pode ser também…

Fazem comigo exatamente igual fazem com os seus velhos… “fazem”, pois eu nunca faria. Nunca fiz (…). E eu, como alguns velhos, não reclamo com eles do que eles estão fazendo comigo; estou, sim, relatando pra vocês que me leem e que nada podem fazer de diferente a não ser ter paciência pra ver no que esse texto vai dar, ou simplesmente deixar de ler pois devem ter coisa melhor pra fazer do que aturar um velho chato, chorando a velhice…

Privei-me de meus sonos pra cuidar de quem precisava de mim, com todo o carinho que fui capaz de oferecer, mas julgo não ter sido muito, afinal, ninguém se importa em gastar dez minutos de seu horário de almoço pra saber como estou com uma simples e barata mensagem de celular — e eu nem falo em ligações, pois isto seria pedir demais gastar tanto assim com um velho como eu.

Eu briguei pra defender o espaço que cada um ocupava em minha vida quando terceiros queriam ameaçar fazendo algum tipo de “cercamento”, porém muitas vezes sinto-me um inconveniente ao tentar ocupar, ou simplesmente permanecer, em um espaço que eu julguei ter sido meu na vida dessas pessoas.

… Olhem pra mim, já estou dramático como um velho à beira da morte… Mas até a morte parece não se lembrar de mim, assim como os que me tornaram um velho sem me dar a chance de me olhar no espelho e me maravilhar admirando meus cabelos brancos, ou grisalhos, pode ser também.

Esquecido.

Mas assim como um velho, vivido, experiente, sábio, e quaisquer outras coisas boas que a velhice trás, eu sei que eles são jovens e que têm suas vidas pra viver. Não posso cobrar deles tanto assim. Tenho que aceitar minha posição. Aceitar que meus amigos morreram num passado, como de fato morreram, e que os vivos estão impossibilitados de manter contato, como de fato estão.

Bem, se nem trinta anos eu tenho, posso dizer que terei muito tempo para viver a velhice que sempre valorizei. Muito mais tempo que qualquer outra pessoa, e isso me dá tempo de sobra para esperar, pacientemente como um velho, que apareçam, enfim, meus cabelos brancos, que antes serão grisalhos, eu sei.

luan dqta

Como se imagina?

tumblr_static_filename_640_v2

 

Já se imaginou daqui uns 10, 20, 30 anos? Já pensou em que todas as coisas que você faz de tudo pra ter por perto agora, podem não ser a coisa mais importante da sua vida? Já se imaginou construindo uma casa, se formando na sua graduação, trabalhando feito louco pra fazer a pessoa que ama feliz?

A vida ela é uma constante, uma hora ela te aplica um valor exato, outra hora, você terá que descobrir o valor que o problema lhe causa, nem sempre o problema te dá todas as informações certas para o resultado final.

Infelizmente, vivemos todos os dias buscando a paz nunca encontrada, o amor que sempre falta, a mão no ombro, e o dizer de que tudo vai dar certo. Nosso silêncio se torna incurável, o nó na garganta se transforma em intensas lágrimas que doem, mas aliviam tanto, que te deixa melhor por expelir pra fora todo o peso que existe dentro de si.

É necessário que sejamos nós mesmos, capazes de assumir nossas dores, e senti-las conforme o que nos foi imposto, quem sabe todo esse constrangimento nos traga a alegria de ir em busca de novos conhecimentos para a vida.

Erguer-se diante de uma situação, só vai te mostrar o quão forte é, e o quão maravilhoso você pode tornar o seu ser, o tão sublime pode ser suas palavras entoadas ao som de uma poesia, lenta, leve, curta… Não deixe que as maravilhas passe, que os dias voem, sem que não sejam aproveitados, cada segundo dessa sua vida vai ser as pegadas para o novo futuro, quem sabe tão próximo, ou tão distante quanto a 10, 20, 30 anos.

E aí, como se imagina?

lkjh

Meu Amor, Quer a Real? É Independência ou Morte!

tumblr_ndzrsv5eT21s3qns6o1_500

 

Cada indivíduo é possuidor de sua vida, e só de suas próprias ações ela vem a depender. É arriscado demais fazer de outra pessoa mais importante do que alguém deveria ser: ninguém é mais importante em sua vida que você mesmo. Pode parecer egoísta, mas no final das contas é a realidade. Pensa bem.

Algumas pessoas procuram outra para se feliz, por exemplo, e quando acham depositam nela toda a sua existência. Entenda que sua vida não pode estar em completo estado de dependência da vida de outra pessoa; você deve ter autonomia para conseguir ser feliz. Não é tentar ser feliz sozinho, mas ser feliz, independente dos rumos que a vida de outras pessoas pode levar.

Pessoas se perdem no caminho, pessoas mudam de ideia e de endereço, vêm e vão, aparecem e somem sem depender de nossas vontades, e então você aposta todas as suas fichas em alguém que amanhã pode não estar mais com você… Pessoas morrem, sabia? Claro, a continuidade é desejada por muitos na grande maioria das vezes e é perfeitamente aceitável, dá pra entender, mas o plano embasado no desejo de continuidade não deve ser o único, é bom que ele exista, mas não deve ser finalidade única, do contrário, se algo não ocorrer como o esperado, a frustração vai durar muito tempo e pode vir a ser algo bem destruidor. Uma dependência longa demais torna a tentativa de uma possível independência tardia demasiadamente trabalhosa, e se formos realistas pra alguns é impossível. Esta é a morte. Não é apenas a morte física — e ela pode vir mesmo assim dependendo do caso —, mas a morte para alguns sentimentos, a morte para algumas expectativas, para os planos, a morte do futuro.

Sem contar o tanto de responsabilidade que se está jogando na outra pessoa, que soa como “não quero ser responsável pela minha própria vida e quero que alguém seja responsável por duas, a minha e a dele, e se algo der errado, não terei culpa”, e, a menos que você seja uma criança, isto, digamos, não tem chances de dar certo; diga-se de passagem, a lei de Murphy é clara: Se alguma coisa tem a mais remota chance de dar errado, certamente dará!

Faça planos pra amanhã, mas tenha em mente que dificilmente ele será como você julga. Ou seja, plano A, plano B, C, D… Trabalha-se com o agora, com o que se tem de palpável, sem esperar demais do porvir.

luan dqta

Intensidade Imposta

tumblr_m1v4exhO1c1qkd2bvo1_500_large

Por quanto tempo você consegue segurar um copo d’água com o braço estendido? Aparenta ser uma tarefa relativamente fácil, mas com o tempo o copo parece pesar cada vez mais.

Ninguém consegue ser intenso o tempo inteiro. É da natureza humana a necessidade do descanso, não só físico mas mental também. É saber dosar as coisas, afinal, a diferença entre o veneno e o remédio é a dose; e que mal uma intensidade imposta cotidianamente é capaz de fazer… Pode ter certeza que aqueles que lhe parecem intensos o tempo todo se impõe essa intensidade e isso é prejudicial. Quando bate o cansaço ele pode optar por descansar ou simplesmente ignorar e continuar sustentando a mesma intensidade. O tempo que a pessoa se impôs permanecer intenso vai definir o tempo de descanso, que vai oscilar entre grande e maior ainda.

É sempre válido tentar reconhecer essa natureza e procurar pensar por quanto tempo se vai conseguir segurar o copo d’água com o braço estendido, por exemplo. É desnecessário e você vai cansar, mais cedo ou mais tarde, vai cansar, e então, depois de muito descanso, você vai pensar duas vezes antes de segurar o copo novamente, vai querer que seja por menos tempo, pois já aprendeu que cansa, mas será que todos vão entender isso? Algumas experiências as pessoas têm de experimentar pra conseguir entender. Será que alguém não vai questionar o motivo de você estar segurando o copo de uma maneira diferente, ou por um tempo mais curto que antes…? Você não vai querer repetir a dose, mas nem todos vão aceitar: já que você conseguiu antes, se tentar vai conseguir de novo. Então você vai ter de explicar que acha cansativo e desnecessário segurar o copo d’água assim, que deveria ter pensado melhor, que se tinha de segurar o copo que não fosse com o braço estendido e que revezasse com o outro braço essa tarefa, ou até mesmo com outra pessoa… Tudo isso seria evitado caso você não tivesse a brilhante ideia de segurar um copo d’água com o braço estendido por muito tempo.

O que podemos aprender — e isso pode ser válido para um monte de coisas — com essa louca conversa sobre um copo d’água?

Liga menos. Dá espaço pro outro e pra você mesmo, alguns instantes sozinhos são necessários. Não precisa se ver ou se falar o tempo todo, quando se verem ou se falarem vai ser tão bom que preencherá o vazio causado pela ausência e a vontade de ver mais e de novo, de falar mais e de novo, é boa; não faça essa vontade ir diminuindo, deixe ela existir. Para sofrer menos com a ausência, não deixe sua vida girar em torno de algo ou de alguém, se ocupe de outras coisas, use seu tempo livre, ou melhor, crie um tempo livre pra usá-lo em algo, leve em conta que a vida não precisa de sua ajuda, em matéria de complicação, ela já é autossuficiente.

luan dqta

O segredo da letra bonita !

letra bonita

Faz um tempo que vi esse vídeo e queria compartilhar aqui no blog… Sergio é um universitário que grava videos para mostrar uma realidade divertida sobre a vida universitária, em seu canal Universidade Capenga.

Esse vídeo me chamou muita atenção, Sergio tenta trazer a letra bonita com uma comparação para nossas vidas, acho que muita gente precisa ouvir isso, e ver que nada na vida nunca está perdido, sempre podemos recomeçar, e fazer com que tudo dê certo, tudo se torne diferente, e se escolhermos ter coisas boas em nossas vidas que saibamos levá-las até o final, para que nunca possamos nos arrepender e ter que ficar mudando a história muitas vezes… Tente um novo recomeço para sua vida vá em busca dos seus objetivos, mas escreva no seu caderno da vida com a letra mais bonita possível e a caneta, pois se por acaso errar, não apague, mas vire a folha reescreva tudo de novo ! Espero que assim como eu, tenham uma boa reflexão do vídeo…

 

 

nnnb