Eu voltei

tumblr_lkf29nsbnk1qjwel2o1_500_large

Eu voltei… Não por sua causa, nunca pense isso, mas por mim, eu precisava, na verdade eu necessito dessa alma, mesmo que presa a algumas memórias me faz ser quem realmente eu quero ser.  Nunca fui do tipo que se prende , disso você sabe muito bem, mas de todas as coisas que fazemos, o que procuramos mesmo é sobreviver a cada oceano que nos sufoca. E foram longos oceanos, intermináveis, me contentaria apenas por aquele rio que passa por dentre os córregos das sua cidade.

Eu voltei, mas não por você, se contente, mas sabe é que o céu daí é tão bonito, que as estrelas apenas fazem o seu papel de encantar e transbordar a alma, a lua apenas nos enche de amor, chega a ser emocionante, é por isso que suspiro todas as noites, por ter um amor constante pelo céu.

Se me conhecesse muito bem saberia que eu não voltei por você, sabe muito bem que sempre estou a procura de novas aventuras e novos vícios, e meu bem, dessa vez, me viciei pela dádiva de viver, vou te falar que é incrível,  deveria se desprender dos medos e fazer o mesmo, e a vista do alto é muito melhor sozinho.

Eu voltei e foi a melhor coisa que fiz desde então, descobri que o sotaque do sul me encanta mais, aliás aquele frio está sempre aqui me protegendo das grandes ondas de calor intenso que não me deixa respirar.  E é isso que me aquece todos os dias, pois acabei percebendo que o frio é calor, é só sabermos lidar com as coisas.

Eu voltei, e fiz disso meu novo lar, fiquei, mas quero voltar de novo pro meu antigo lugar, onde os paraquedas soltam-se mais fáceis e não corro o risco de ficar pendurada no ar com medo de cair em terras estranhas…

rodapé

Sobre a lua de domingo

tumblr_mdc413SYso1r4oq9eo1_500

Era domingo. Afinal, toda vez que eu decido te encontrar são em domingos, calorosos, cheios de esperanças e amor…

Nove de fevereiro, um dia comum, um domingo normal, afinal todos os dia se tornam normais quando estou longe de você, longe de ouvir seu sotaque que me faz rir por horas, longe de ventos de terra, de bonés roubados, cachorros do além… Tudo era normal, até ligar a televisão, começar a assistir um filme e olhar a janela.

Ah janela! Sempre me surpreende com suas estruturas simples, me mostrando grandes eventos no céu. Então lá estava ela, a lua que nos ilumina quando estamos juntos, afinal eu sei que você adora olhar pra lua e dizer o quão linda ela está hoje, essa sua frase é tão clichê que acabei pegando suas manias e acabo repetindo ela toda vez que olho para o céu.

A lua estava tão brilhante que era como sentir você ao meu lado, segurando minha mão e olhando junto comigo para ela e me dizendo que ela estava linda. Eu odeio ter essas sensações, apesar de que nunca teremos mais nada, mas porque tudo isso acontece?

Me emocionei , era como derramar litros de alegria sobre meus olhos , meu coração disparou, parecia que meu amor reascendia naquele momento, era como mais uma vez te sentir, e era uma coisa tão forte dentro de mim, uma coisa boa, parecia que ao mesmo tempo estávamos pensando um no outro e olhando para a lua que sempre nos ilumina.

Meu céu não é tão limpo quanto o seu, mais o que importava era o brilho que ela trazia, de todos esses meses em casa essa foi a primeira vez que me surpreendo pelo brilho lunar, foi incrível, mas será que estamos mesmo juntos sem estarmos perto? Decisões mostram o oposto disso, e eu ainda quero entender o porquê de tudo isso… As estrelas ao redor pareciam eternas, não queria sumir, tinha uma que piscava feito vaga-lume, imaginei que fosse você com seu romantismo barato que sempre me encanta do jeito mais sarcástico possível!

E de um domingo simples, se tornou especial, assim como os dias que estou ao seu lado…

nnnb

Sobre o dia de ontem …

tumblr_lgf6zpf3pm1qchfpro1_500_large

 

Todo mundo já encontrou aquela pessoa que te encanta,  te completa de uma maneira diferente. Foi assim, te encontrei no escuro de uma praça, de preto, e apenas te olhar já me envolveu por dentro. Nunca fui de acreditar em destino, e depois de diversas decepções sou muito difícil de me apaixonar.

Odeio declarações, e muito menos sei dizer o que sinto, parece que uma coisa prende, dá um nó enorme na garganta, choro quer sair, mas não sai, tudo se complica, o mundo para, as coisas parecem não se resolver, e tudo que vem na cabeça é que não vai dar certo.

A vida me ensinou muito, e mesmo que não pareça, eu sempre vou adivinhar o final da grande parte das coisas que irão acontecer comigo. Quando o assunto é amor, paixão, muitas pessoas já passaram o mesmo que você, então já da pra se convencer do final. E mesmo que algo dê certo uma hora para, cansa.

É estranho você olhar pra pessoa que aprendeu a gostar nos últimos meses, e ver que o sentimento é diferente do seu, os olhos pesam as lágrimas não querem descer, e tudo o que você escutou já quase que adivinhava que iria acontecer.

De todos que já encontrei não querendo te deixar convencido, foi o único que soube falar a verdade e assumir os erros, e me fez sentir o que não sou. Não gosto de ser trocada, ou eu sou a única, ou não sou nada, não sou uma questão de vestibular que você escolhe a alternativa  na hora.

Sim, as coisas que aconteceram foram boas, e o que mais me confortou foi aquele seu abraço na ultima terça feira que me fez ficar pensando por uma vida inteira a burrada que tinha feito. Arrependo-me até hoje de ter caído nessa cilada, não gosto de fazer confusões na mente e no coração, afinal os dois mesmo que não queiram estão ligados, se amam, e no fundo querem a mesma coisa.

Hoje as coisas me parecem bem claras, depois de a lua não ter me dado seu sorriso, e as estrelas não piscarem como de costume, aquele meu amigo de sempre, o vento, que nunca me abandona me cobriu de esperanças para uma nova fase, uma nova vida, lagrimas secaram e me fez sentir renovada.

O vento forte levou tudo de ruim, me trouxe inspiração, me disse palavras de conforto e fez com que todas as coisas tornassem boas, afinal a vida é bela, momentos são momentos, e eu sempre escuto a voz do vento ! 

-Depois Que Tudo Aconteceu…