Afinal, o que é Natural?

large

Não há constrangimento num abraço, num aperto de mão, num beijo… mas de sexo não se fala.

É como se ninguém fizesse, ou se ninguém gostasse de fazer. Quem faz decerto gosta e quer continuar fazendo, quem não faz é por algum motivo, mas com certeza gostaria de fazer — estima-se que apenas 1% da população mundial foge à regra (pelo menos os que admitem), mas isto não vem ao caso. O que é preciso notar é que parece que não se aceita que as pessoas tenham desejos sexuais, o assunto é reprimido mesmo nas metrópoles.

Pensa bem: os nossos sentimentos não podem ser encarados como algo adquirido? Você é ensinado a amar desde pequeno, por exemplo. Não se nasce amando, e se não fosse a cultura na qual você vive, será que você amaria? O que é o amor? (…) E o sexo? Não seria algo natural? Desde que o mundo é mundo que se faz sexo — dá pra notar pelo fato de a maior parte das reproduções serem sexuadas —, antes mesmo do primeiro abraço “de carinho”, ou do primeiro aperto de mão “de saudação/cordialidade”, ou do primeiro beijo “por amor” da história da humanidade. Já parou pra pensar nisso?

Uma pergunta que chocaria muita gente seria: você estranharia uma abordagem “você é muito atraente fisicamente, já te disseram isso? (…) Vamos transar? Você é gostosa(a)!”. Chocaria muito mais se a resposta fosse: não, acho supernatural.

Calma! Não saiam por aí dando para/comendo tudo mundo. Vivemos numa sociedade em que isso, explicitamente, não daria certo… explicitamente. Além domais, é preciso muita maturidade para aceitar os desejos, satisfazê-los, e não ficar com peso de traição. Maturidade para ambos.

“Confio em você, confio que você vai agir de determinado modo, pois assim combinamos, assim ficou acordado, mas, nós encaramos sexo como algo natural, não é? Ou melhor, concordamos que o desejo sexual é algo normal, e que mesmo tendo compromisso um com o outro, vemos naturalidade e como inevitável o desejo que em algum momento você terá de transar com outro, e que eu também terei desejo de transar com outra, simplesmente por estar com vontade, por nos sentirmos atraídos, nada mais… E se você se apegar sentimentalmente? Paciência. Não sou seu dono, você não é minha propriedade; se está bem comigo, ótimo, fica comigo, mas se julga que estará melhor com outra pessoa, tudo bem, a vida é sua. Pode ser que isso aconteça e eu ainda queira estar com você, mas sua felicidade deve vir sempre em primeiro lugar nos seus planos; vai, vai que daqui eu cuido da minha… Ah, mas se isso acontecer e algum dia você sentir vontade, ou até saudade, do sexo que fazíamos, se quiser transar, a gente transa. Vai ser o maior… prazer!”

luan dqta

Anúncios

Um comentário sobre “Afinal, o que é Natural?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s