Desencontros e Despedidas

harry2

 

O começo foi difícil, confesso. Digamos que, se podemos dizer que algo deu certo nisso tudo, os créditos são todos seus.

Fazendo uma breve análise para elaborar e organizar minhas ideias, creio, no momento, que tivemos bons meses juntos… eu creio que estivemos juntos. Esses meses não foram os primeiros nem têm sido estes últimos, estão perdidos por aí pelo meio, perdidos. Não estou conseguindo encontrar sequer vestígios deles na atualidade.

Evito falar de certas coisas com você, faço de conta que acredito quando me diz que está tudo bem, ao notar que você foi deixando de me contar algumas coisas eu fui deixando de te contar também, é questão de reciprocidade, e outra, você mal procura saber como estou, parece não se importar, pra quê vou contar? Ter cuidado ao falar e agir para não te irritar foi uma escolha minha, mas não queria ter escolhido isso, é ruim pisar em ovos o tempo inteiro, mas eu só estava tentando salvar algo que eu julgava existir. Acho que com essas poucas linhas já deixei claro que meu transtorno é tamanho que eu nem sei mais se realmente existiu ou se eu inventei.

Em resumo, é o clássico “quando estiver lendo isso já terei ido embora!”.

Despedidas são chatas, mas o pior é que você parece nem notar que estou indo, ou faz de conta que não nota, sei lá, são tantas interpretações possíveis a partir de seus comportamentos. Você foi me deixando e me trocando, parece que foi me fazendo acostumar aos poços com ideia de não existirmos mais, foi me mandando embora. Eu nunca quis ir embora, só não vou mais forçar a situação, além, é claro, de admitir minha fraqueza em não conseguir mais viver estando no esquecimento o tempo todo; posso até estar exagerando, mas, desculpa, é assim que você está me fazendo pensar, e se não foi sua intenção, saiba agora que agiu da maneira errada por muito tempo, e pra mim, de uma maneira muito óbvia de notar o erro; não repita com alguém o que você fez comigo caso queira esse alguém por perto.

Garanto-te que você não vai mais me achar. Pode ser que isso tudo tenha acontecido no tempo certo, apesar de estar sentindo isso há meses, só resolvi tomar uma atitude agora — duas semanas atrás e eu escreveria na carta que caso me chamasse eu voltaria…

Você sempre foi prioridade pra mim e eu nunca fui pra você. Talvez meu erro tenha sido esse, pois decerto também errei, afinal, nunca valorizam àquilo que se têm com confiança, àquilo que julgam nunca serem capaz de perder.

Eu tenho certeza que ninguém vai cuidar de você melhor que eu, ninguém vai conseguir me substituir neste sentido, mas se prefere algo qualitativamente inferior, paciência.

luan dqta

Anúncios

Um comentário sobre “Desencontros e Despedidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s