Pequeno castelo mal assombrado

PUNK-WEDDING1

Ah meu amor, por quanto tempo ainda teremos que viver nesse instante imerso que não nos deixa tocar os lábios nessa escuridão? Por quanto mais de tempo estaremos presos em um passado amargurado que insiste em dizer que tudo pode dar errado, e isso nos prende e faz com que nossas vidas se distanciem.

Só quero te dizer que ontem fiz tudo certo, só não te liguei  na madrugada por medo de incomodar pensamentos ao vento que sempre nos dá conselho que pode nos completar. Eu preciso te dizer que já cansei desse nosso clichê, e que temos que arranjar um jeito comum de virar a página e escrever uma nova história, por que se você não sabe palavras iguais já não cabem mais no glossário de sentimentalismo que fazemos.

Dia após dia vivemos sem vida, já não quero mais isso, nos falta amor, nos falta ódio, só não podemos fazer com que vire dor, estou exausta de contar quantas vezes me machuquei por motivos de nunca poder estar presente nos piores momentos em que você mais precisava de mim. Não quero distanciar o nosso amor, o nosso gostar, o nosso estranho jeito de amar.

Quanto mais estranhos formos, mais esquisitas são as pessoas que aparecem pra meter o bedelho no nosso pequeno castelo mal assombrado, olha que aprendemos bem como driblar os morcegos e os aracnídeos em plantão.

Ninguém mais se importa meu rei, vamos viver, esquecer os clichês e passear em paz, sem importamos com o que nos virá pra nos assombrar.

 

nnnb

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s